Área de Concentração

Representação e interpretação artística, literária e linguística

A área de concentração enfocará o fenômeno estético sob forma literária, linguística, musicológica, plástica, visual e cênica, em suas abordagens culturais, históricas, teóricas, analíticas e criativas, verificadas a partir de vários níveis dessa produção: gênese da obra, relação entre crítica e criação, recepção, arquivo, restauração. Para esta finalidade, serão privilegiadas relações interdisciplinares como mecanismo de interpretação, seja no campo dos estudos literários, linguísticos e artísticos, seja em suas relações com disciplinas afins.

A área de concentração enfocará o fenômeno estético sob forma literária, linguística, musicológica, plástica, visual e cênica, em suas abordagens culturais, históricas, teóricas, analíticas e criativas, verificadas a partir de vários níveis dessa produção: gênese da obra, relação entre crítica e criação, recepção, arquivo, restauração. Para esta finalidade, serão privilegiadas relações interdisciplinares como mecanismo de interpretação, seja no campo dos estudos literários, linguísticos e artísticos, seja em suas relações com disciplinas afins.


Linhas de Pesquisa

1) Arquivo, Memória e Interpretação

Esta linha de pesquisa abarca os estudos literários e artísticos fundamentados em perspectiva dialética no que se referirem à criação, à instrumentação crítica e teórica, bem como a suas relações interdisciplinares, como, por exemplo, em diálogo com a história, com os estudos culturais, com as teorias enunciativas, discursivas e (auto)biográficas. Privilegiar-se-á a observação analítica da criação literária e artística como produto de reflexão crítica e teórica, a recepção da obra artística e literária, a reprodução editorial ou em outras escalas de consumo, envolvendo outros suportes, e a investigação de arquivos primários e fontes singulares. São bem vindos ainda projetos com perspectiva de redimensionamento de arquivos, fontes diversas, objetos patrimoniais materiais e imateriais, bem como os projetos que prevejam em algum nível a organização, análise e interpretação de arquivos literários e artísticos.


2) Linguagem, Discurso e Práticas Sociais

Esta linha de pesquisa prevê estudos acerca da descrição e análise linguística, bem como dos mecanismos socioculturais envolvidos nos usos da linguagem e das línguas e sua aplicabilidade na área da educação linguística. Interessa-se pelas teorias e análises de textos, gêneros, discursos e enunciados nas diversas práticas sociais. São participes desta linha também os projetos que se dediquem a aspectos de linguagem musical ou de expressões artísticas que aí se associem e que dividam suporte teórico e escopo investigativo com o panorama teórico da linguística e áreas afins.


3) Teoria, Crítica e Processos de Criação

Esta linha visa trabalhar com estudos críticos, baseados em premissas teóricas definidas sob paradigmas que favoreçam processos criativos e produtos deles resultantes. Estão contemplados aqui os estudos analíticos de caso ou sob inspiração de teorias da arte, assim como as teorias críticas e sua aplicação interpretativa, bem como aspectos práticos das expressões artísticas que estejam amparados por um viés teórico norteador. Como exemplo, estão os projetos de concepção ou interpretação de obras de uma ou mais expressões artísticas e literárias, a serem abordados interdisciplinarmente, permitindo a prática informada (pela História, Sociologia, Filosofia etc) ou a expressão criadora consolidada. Serve tanto a expressões dinâmicas quanto àquelas que resultam em objetos consolidados. Nesta linha se exige a performance prática da expressão de eleição do investigador matriculado no PPG, como produto a ser amparado pelo necessário suporte reflexivo.